quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

O LOUVOR da 3310



Meus Heróis Favoritos,
Aqui têm o documento que foi já CONFIDENCIAL e que hoje é histórico e em que foi publicado o LOUVOR do Batalhão à 3310.
Segundo informações, este Louvor terá dado origem a um outro, da Região Miliar de Moçambique, mas de cuja existência ainda não consegui ober prova documental.
Havia também uma proposta de Cruz de Guerra para a Companhia, mas era necessário ir à Ilha de Moçambique para se fazerem umas cerimónias ...
O Morais, o Sá, o Neves e eu pedimos ao Chefe de Estado Maior em Nampula para nos dispensar da deslocação e como a coisa ficou um pouco torta ... Acho que morreu aí o tal projecto de proposta para Cruz de Guerra !
Haja Deus !

JAD

NOTA IMPORTANTE - Esste documento encontra-se formatado em PDF, não sendo possível a sua inclusão integral neste blogue, pelo que será necessário pedir o seu envio, para quem estiver interessado, através do email: albuquerquedias@gmail.com

3 comentários:

JAD disse...

Como não foi possível inserir o documento todo, porque se encontra em formato PDF que não se consegue inserir no blogue, já tratei de enviar o documento completo para a mail-list toda do 3834 e 3ª. .
Quem pretender ter acesso ao documento inteiro, peça-me, por favor, através do email :
albuquerquedias@gmail.com
Enviarei com toda a brevidade que for possível.
Obrigado.
JAD

JAD disse...

O documento tem 19 (dezanove páginas) que poderão ser enviadas em PDF por email, a quem o pedir, por este email:
albuquerquedias@gmail.com
Obrigado.
JAD

Carlos Matos disse...

Olá Dias,
Obrigado pelo documento que conseguiste e enviaste para todos nós.
Nele encontrei várias situações difíceis que vivi, sobretudo uma emboscada com mortos e feridos em que eu escapei, posso dizê-lo, por milagre.
Mais uma vez obrigado pelo interesse e pela dedicação que tens mostrado por todos nós.
Não te preocupes por não termos recebido a tal condecoração pois o mais importante foi termos saído de lá com vida e, ao fim de 36 anos, podermos ainda nos encontrar e prestar a nossa homenagem aos nossos camaradas, que infelizmente perderam a vida a cumprir a missão que lhes foi confiada, e os quais nunca esqueceremos.
Muito obrigado também a todos aqueles que têm contribuido para manter on nossos contactos e organizar os nosso encontros.
Um abraço,
Carlos Matos